RSS

sobre aquela noite

sexta-feira – meia-noite
augusta
cerveja, cigarros e pedintes na rua
ansiedade
um cara tocando guitarra
um amigo perdido
você ligando
você chegando
poucas palavras
ansiedade de novo
squat, junk food, refrigerantes
histórias trágicas de namoros passados
sobremesa de banana e churros com sorvete
uma pimenta
cigarros e táxi
augusta de novo
agora, vanilla
cafés
cappuccinos
papo vai
papo vem
três da manhã
quatro, cinco, seis
olhares perdidos, se encontrando
mais ansiedade
mais café e mais cigarro
alguns torpedos
sete da manhã
muitos beijos

4 comentários:

( the girl fucking Mia ) disse...

Gostei. Gosto desse tipo de escrita, com palavras soltas formando um contexto, uma história. E você fez isso muito bem, acho digno.

E, bom, dispensável falar que sou apaixonada pela Augusta, a madrugada paulistana, os vícios, as histórias trágicas de amores passados e até os SMSs, né? hahaha

Parabéns pelo blog!
Vou voltar para ler uns antigos ;)

fjunior disse...

ansiedade deve ser um sentimento comum em sampa.

Mariha... disse...

... e os beijos ainda presentes!

s2

Manu disse...

q bom q teve uma inspiração para postar novamente!