RSS

por favor, me desculpa

Não dava pra ouvir o que ele estava falando. Mas pelos movimentos dos lábios, dava pra notar que dizia desesperadamente ‘me desculpa, por favor, me desculpa’. E enquanto agarrava os braços dela, continuava repetindo incansavelmente ‘me desculpa, por favor, me desculpa’.

A garota parecia nervosa. Ela olhava pra ele, acho que queria gritar, dizer de não iria desculpá-lo; mas estava contida.
Talvez não queria chamar atenção.
Talvez achava que não valeria a pena demonstrar seus sentimentos a ele.

O rapaz continuava com os gestos desesperados.
Comecei a ter pena dele.
Depois a pena passou.
Talvez ele tenha a traído com outra garota.
Talvez tenha sido grosso, rude, insensível.

A garota continuava sem reações. Apenas olhava para os lados.
Acho que ela estava com vergonha da cena.

E ele continuava: ‘me desculpa, por favor, me desculpa’.

Odeio quando as pessoas fazem alguma besteira e depois só conseguem repetir ‘me desculpa, por favor, me desculpa’.
Dentro do ônibus, retomei a atenção para minha revista, porque é indiscreto bisbilhotar a vida alheia.

10 comentários:

Bill disse...

Pois é, é indiscreto bisbilhotar a vida alheia, né?

Sobrou um brigadeiro! Guardei pra você! Tô te esperando!!!
Bjoooooooooooossssssssssss!!!!

Mística disse...

vc pode ter certeza que ele deve ter aprontado uma muito foda com ela, e ainda mais pedindo desculpas desesperadamente...

e ela deve ter acabado com ele naquele exato momento, a indiferença é pior que a fúria!

Mística disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mary disse...

Se o pedido é sincero, há que se considerar... ou não! rsss
Adoro estas cenas do cotidiano. Adoro observar as pessoas...
Tem presentinho pra tu no meu blog!
Bjinhos.

Antônio disse...

É, depende muito do que ocorreu, né. Se foi traição mesmo, bem que ela fez em ignorá-lo.

Fosse eu, jamais ficaria pedindo perdão assim, de forma pública e patética. Se eu merecesse mesmo ser desculpado, o faria depois, de forma mais inteligente. Homens, tsc, tsc, alguns agem como cães e denigrem nossa classe.

Beijão!

Magui disse...

Tem razão.Tomara que ela não tenha desculpado.Além do mais desculpar um homem por uma grosseria ou coisa errada é querer tomar na vida.E, vice -versa.Pode não ser bisbilhotice mas uma aula para a vida.Devia ter gritado da janela: Não desculpe!

*miroka =P disse...

adorei a trilha (é assim que chama?) do seu broggg... num é a musiquinha do Juno?

Auíri Au disse...

Concordo,
fazer besteiras e depois pedir desculpa
: /

."..pensar duas vezes antes de atuar..."


beijos



belo espaço

Alec disse...

Não sei o que dizer. Sou da opnião que todos merecem uma segunda chance.
Afinal, algumas coisas da vida só são aprendidas depois de erradas.
Mas é triste ver que o ser humano em si, só dá valor a certas coisas, depois que a perdem completamente.

Heather disse...

Ou talvez as desculpas dele não tivessem mais importância e ela tenha descoberto a insignificancia do ser naquele momento...
pelo menos foi oq acoteceu comigo em uma cena semelhate...